Sentir é Criar Menu

Pensametos

Permalink:

Amor edificante

Acho que já comecei um post dizendo isso, mas de novo eu digo que esse blog é muito edificante. Nossa história em si, edifica. Pelo menos pra mim.

Não tem um dia que eu não pense em você ou não lembre de algum momento do nosso passado. Mas em alguns desses, geralmente antes de dormir, eu paro e lembro de tudo com tantos detalhes que tenho a sensação de tá vivendo tudo outra vez. A melhor parte é quando eu volto a mim e me dou conta que agora tu estais realmente do meu lado.

Ufa, que alivio que eu tenho você.
A gente aprende que nunca deve achar que merece algo que Deus dá, mas eu digo que Ele te colocou na minha vida porque a gente merece muito viver todo esse amor.

te amo
Ana.

  • Obrigado por comentar! Por favor, mantenha seu comentário limpo. HTML é permitido (strong, code e href).

Permalink:

A culpa não é do seu relacionamento

Uma das lições que a vida nos ensina é aprender a separar as coisas. Na teoria beleza. Na pratica é que as coisas complicam. Principalmente se tratando de um relacionamento novo, que começa justamente em uma fase onde mil mudanças acontecem na sua vida.

É necessário que haja maturidade de ambas as partes para lhe dar com os deveres do dia-a-dia e não deixar que eles tenham qualquer contribuição sobre seu relacionamento. Separar as coisas. Ainda mais se vocês tem certeza que querem ficar juntos. Não deu pra se ver hoje? beleza, temos a vida inteira pela frente. Tudo tem o seu tempo e agora é tempo de plantar.

Fazer certos sacrifícios em um relacionamento faz parte, se vai valer a pena, se vai dá certo, só o tempo dirá. Cabe a gente tentar. Procurar olhar as coisas da melhor maneira. Colocar na balança de vez em quando. Tirar saldos. O amor não é um jogo porque ele é o premio, e até chegarem a essa certeza pode haver alguns game over.

Você é quem faz sua relação e quando nada dá certo, no final das contas a culpa é sua.

  • Obrigado por comentar! Por favor, mantenha seu comentário limpo. HTML é permitido (strong, code e href).

Permalink:

Que bom que você não é perfeito

Eu posso amar tudo em você, mas ainda consigo notar seus defeitos. Não aqueles que você deixa a toalha molhada na cama, ou as gavetas abertas, ou esquece datas importantes. São aqueles que eu não posso mudar. Mas eu nem quero. Quero aprender a viver ao teu lado com eles porque eles te fazem perfeito pra mim.

Eu não quero simplesmente te aceitar assim, quero TE AMAR assim. Quero que seus defeitos me incomodem e depois me façam rir e pensar: “Como eu amo aquele menino!”.

  • Obrigado por comentar! Por favor, mantenha seu comentário limpo. HTML é permitido (strong, code e href).

Permalink:

Não deixe de acreditar no amor

Não deixe de acreditar no amor por circunstancia alguma. A pessoa errada vai aparecer no momento certo e você fará juras e dirá que é pra sempre e quando acabar, não se feche para a próxima. Não deixe de acreditar no amor quando o relacionamento de duas pessoas que pareciam feitas uma pra outra chegar ao fim. Não se basei em relacionamentos alheios. Apenas ame, certos ou errados, mas nunca deixe de acreditar no amor.

  • Obrigado por comentar! Por favor, mantenha seu comentário limpo. HTML é permitido (strong, code e href).

Permalink:

Amor que não muda, só cresce

Eu ainda me surpreendo que o nosso amor ainda seja do mesmo jeito do começo. O relacionamento mudou, claro, estamos mais íntimos, nos conhecemos cada vez mais, logo nos compreendemos melhor, aprendemos com nossos erros e tentamos mudar tudo que está errado com a gente. Mas o amor, a saudade, o carinho e até o frio na barriga quando a gente se ver depois de muito tempo longe eu ainda sinto.

As vezes me pego pensando na gente, nos momentos que estamos juntos e de pequenas atitudes suas que são tão especiais, penso e digo baixinho pra mim mesma: “amo tanto aquele menino”. te amo mesmo, inho. tanto

  • Obrigado por comentar! Por favor, mantenha seu comentário limpo. HTML é permitido (strong, code e href).