Sentir é Criar Menu

Permalink:

Amor que não muda, só cresce

Eu ainda me surpreendo que o nosso amor ainda seja do mesmo jeito do começo. O relacionamento mudou, claro, estamos mais íntimos, nos conhecemos cada vez mais, logo nos compreendemos melhor, aprendemos com nossos erros e tentamos mudar tudo que está errado com a gente. Mas o amor, a saudade, o carinho e até o frio na barriga quando a gente se ver depois de muito tempo longe eu ainda sinto.

As vezes me pego pensando na gente, nos momentos que estamos juntos e de pequenas atitudes suas que são tão especiais, penso e digo baixinho pra mim mesma: “amo tanto aquele menino”. te amo mesmo, inho. tanto