Sentir é Criar Menu

Todos itens paraoutubro, 2011

Permalink:

three happy years

Já se foram 3 anos, passou muito rápido. Parece que foi ontem. Fico pensando quanta coisa me aconteceu nesses 3 anos. Conheci quase todo Brasil (nem tanto), já fui ao senado federal, 2 viajens para fora, estagio num centro de inovação, passei numa faculdade federal, tenho um notebook, celular, xbox, psp (sou um nerd feliz), uma máquina fotográfica semi-profissional e etc..
Sem dúvida esses 3 últimos anos foram de muuuitas conquistas. Mas pensando bem, nenhuma delas se compara a de te ter ao meu lado. Eu não gosto de pensar em você como uma conquista, até porque eu não saberia como te conquistar, aliás, eu nem saberia se quer o que dizer.. Então eu digo pra mim mesmo que você é um presente, sim, um presente de Deus pra mim. Ele me deu você e disse pra eu cuidar e é por isso que cuido de ti mais do que de mim mesmo porque eu sei que não vou amar outra pessoa senão você.
Obrigado inha, por tudo que você é pra mim. Por tudo que faz por mim. Obrigado pela paciência, eu sei que nem sempre sou certinho como deveria ser e acabo pisando na bola ^^
Obrigado por me amar, e por fazer de mim uma pessoa melhor!
Pelos 3 anos e pelos infinitos dias que viram, Te amo.
  • Obrigado por comentar! Por favor, mantenha seu comentário limpo. HTML é permitido (strong, code e href).

Permalink:

3 anos juntos!

 Fiquei com medo de não saber o que escrever aqui ou escrever um simples feliz três anos de namoro, porque ando sem inspiração (tanto que o blog anda parado).

Mas quinta passada fui me deitar mais cedo e ainda sem sono. Resolvi  ouvir música no celular pra esperar o sono chegar. Coloquei Pimentas do Reino e um filme começou a passar na minha cabeça. Comecei a chorar.

Não foi fácil te ter, inho. Todos os dias eu ouvia pimentas pra aliviar um pouco o meu coração. Parece que eles fizeram as músicas pra gente. Eles contavam nossa história em todas as etapas.
Apesar de todas as lágrimas derramada, é bom olhar pra trás e vê o que o nosso amor superou. Vocês não percebe, mas SEMPRE que estou contigo, eu te olho e penso: “Nossa! Olha pra nós agora, um dia ele era um garotinho de 13 anos que eu imaginava nunca mais ver e agora ele tá aqui comigo se transformando em um homem diante dos meus olhos”. E, quase sempre depois que penso isso eu te chamo de homem.

Eu te amo muito, garoto, você não tem noção (nem eu). Esses não foram os melhores três anos da minha vida. O melhor ano da minha vida sempre será 2005, o ano que te conheci. AINDA BEM QUE TE CONHECI. Você é com certeza um presente de Deus pra mim. Chegou na hora certa. Me faz muito feliz; Me faz rir sozinha; Me faz sonhar muito.

Continua comigo, quero te chamar de meu amor pra sempre.
Feliz 03 anos de amor pra nós!
  • Irla Mirelly

    Que liindo!
    Parabens p vcs!
    Deus só faça multiplicar o amor de ambos.
    bjs

  • Obrigado por comentar! Por favor, mantenha seu comentário limpo. HTML é permitido (strong, code e href).

Permalink:

A rotina de um namoro..

Já faz um tempo que não escrevo aqui, ainda tenho que arrumar esse blog. Mas os estudos/trabalho e outras ocupações me tomam todo tempo. Se isso também servir de justificativa pra minha falta de posts aqui eu agradeço ^^
Todos já devem conhecer nossa história (se não, é só ir aqui do lado) e devem saber como foi ruim passar um tempo se gostando e não podem dividir o tempo juntos. Muitos casais teriam desistido mais a minha, não, a nossa vontade de ficar junto foi maior do que tudo. Alguns muitos outros casais até teriam conseguido, mas e depois?
Depois vem a rotina! E rotina em um relacionamento pode ser algo perigoso. Porque com o tempo, o ‘eu te amo’ de cada dia vai ficando mais raro, os abraços que antes duravam tanto hoje só serve para se dizer que é um casal. Os beijos ficam sem paixão e a conversa vai ficando cada vez mais e mais casual. Então as vozes que só se escutava ao pé do ouvido agora se exaltam e disputam com quem está a certeza.. Realmente quando se chega neste ponto fica difícil voltar ao que era antes. E a  pior parte é que todo relacionamento tem que passar por isso :T
Mas como eu disse antes a rotina pode ser algo perigoso, mas também pode ser mais um passo para afinidade de um casal. Muita gente pensa que nós não vivemos uma rotina. Mas no nosso começo, nós ficávamos nervosos sempre que nos víamos, nossos beijos eram tímidos e nossa conversa era sempre curta. Mas hoje em dia, nós vivemos mais como amigos do que namorados e isso é fruto de uma rotina. É claro que isso nunca nos afastou, nós nunca deixamos de nos abraçar e de dizer ao ouvido do outro que estávamos morrendo de saudade. E nossas conversas são tão longas que as vezes o tempo fica curto. Nós nunca se quer levantamos a voz para o outro ou se quer xingamos, porque sempre houve respeito entre nós! E é por isso que eu gosto da nossa rotina, de como vivemos, de como vai crescendo nosso amor. Você me disse nesses dias que queria que o tempo passasse rápido, até o dia em que viveríamos juntos. E é por isso que não tenho pressa, embora eu queira muito. Prefiro ir vivemos cada dia e ir aproveitando o que esses dias que você diz ser ‘chatos’ tem pra oferecer. Além do mais, se o tempo passar devagar, melhor pra mim que fico mais tempo com você ^^

Pra acabar, o que eu quis dizer com isso foi que mesmo com uma certa convivência há uma maneira de se evitar que o relacionamento fique chato e monótono. E mesmo que fique, quando se há amor entre o casal, eles vão amar isso até o fim 😉

Nosso dia tá chegando *–*
Te amo!
Edmiel
  • Obrigado por comentar! Por favor, mantenha seu comentário limpo. HTML é permitido (strong, code e href).